segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Poema Akram

Postado por Mrysol Monick às 14:40
Reações: 



Debaixo deste céu lindo
ao som de grilos cantantes e saltitantes 
meu amor aparece de longe através das estrelas 
eu consigo-o sentir...

Tão longe do meu abraço e tão perto 
do meu coração...
Desejo sua voz e imagino seus passos
e encantos de sua dança

Amor está tão distante ...

Que sonho lindo estar ao seu lado 
em um jardim belo de flores
Mas sem você as cores invadem a 
paisagem deixando sem forma e 
sem brilho... preenchendo o vázio 
que sua falta me traz...

As esperanças crescem com os dias
que aparecem com mensagens 
expressas de sorrisos...
Não posso ver, ouvir ou sentir você,
mas ainda posso te querer...

Amor liríco de minha poesia 
com você a vida se inspira...

Maravilhoso de alguma forma...
ter sua companhia...
da qual desconheço...
mas que amo...



1 comentários:

rohit .. on 13 de fevereiro de 2012 09:32 disse...

Como vou explicar para você ... porque eu te amo?
Meu amor, eu não era capaz de lhe dizer.
O que quer que é deixado que meu coração precisa dizer-lhe
Meus olhos te explicar.
No entanto, você continua a ignorar, mas você continua a ignorar ...
No entanto, você continua a ignorar, mas você continua a ignorar ...


Mesmo depois de terem cumprido, eu não encontrei você realmente ... Por que razão?
Há quilômetros de distância existe entre nós ... Por que razão?
Cadeias de eventos estranhos passam despercebidos por você ... Por que razão?
Os sonhos de que se instalaram nos meus olhos ... Por que razão?

Como vou explicar para você ... porque eu te amo?
Meu amor, eu não era capaz de lhe dizer.
O que quer que é deixado que meu coração precisa dizer ....
Meus olhos te explicar.
No entanto, você continua a ignorar, mas você continua a ignorar ...
No entanto, você continua a ignorar, mas você continua a ignorar ...

Olhe nos meus olhos e você verá ... a imagem que agora reside há
Corresponde inteiramente com você.
Eu me pergunto se era seus olhos ou o que você tinha dito que se tornou a razão
Porque você tornou-se o desejo do meu coração.
Apesar de estar perto, apesar de ser a minha esperança, apesar de ser este sentimento ...
Resta assim ... Você não é meu.
Eu tenho queixas contra você ... Por que razão?
Há quilômetros de distância existe entre nós ... Por que razão?
No entanto, você continua a ignorar, mas você continua a ignorar ...
No entanto, você continua a ignorar, mas você continua a ignorar ...




Em meus pensamentos, milhões de coisas que eu disse para mim mesmo
Nada, porém, foi dito em sua presença.
Você ainda não é estranho para mim,
Apesar de pertencer a alguém.
No final, você ainda é meu.
Eu me sinto pesar, meu coração também chora ...
Ele mantém sonhos embellishing
Tornou-se louco e mantém o pensamento ...
Por que eu encontrá-lo depois de tudo?
Há quilômetros de distância existe entre nós ... Por que razão?
Cadeias de eventos estranhos passam despercebidos por você ... Por que razão?.
Os sonhos de que se instalaram nos meus olhos ... Por que razão?


Como vou explicar para você ... porque eu te amo?
Meu amor, eu não era capaz de lhe dizer.
O que quer que é deixado que meu coração precisa dizer-lhe,
Meus olhos te explicar.
No entanto, você continua a ignorar, mas você continua a ignorar ..

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário.
Fico muito feliz ^^

 

Pequena Poeta Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos